Este é um processo muito importante na vida de todos os cães, principalmente se ele ainda é um filhote.

O imprinting é o período em que um cão, quando é filhote, conhece e absorve todas as condutas, sejam caninas ou humanas.

Esta etapa é importante, pois segundo o que o cão capta, ajudará e muito na definição da sua personalidade e de seu comportamento.

Os cães vivem em matilhas. Uma mãe e seu filhote não deixa de ser uma pequena matilha. Durante os primeiros passos dos filhotes de uma ninhada, a mãe e os outros cães adultos costumam permitir que os cãezinhos façam quase tudo. Porém, conforme vão ficando um pouco mais velhos, os cães adultos começam a não tolerar mais atitudes incorretas e indesejáveis (na visão de um cão), como por exemplo perturbar o sono de um cão adulto, latir sem ter nenhum motivo, roubar comida, desafiar o líder e etc. Ou seja, os cães adultos corrigem e educam os filhotes entre o primeiro e o terceiro mês de vida. Agora imagine você tirar de uma ninhada um filhote com 45 dias de vida. Depois é fácil entender porque o cão late sem parar, rosna pra todos e não respeita o espaço dos membros de sua nova matilha (você e sua família).

Outro ponto em relação à fase do imprinting: a questão do cão aprender a ser um cão. Isso é importante para que saiba socializar-se com outros cães e até com as pessoas. É aí que ele vai aprender que cachorro é cachorro e pessoa é pessoa. Vão aprender a mostrar suas emoções para outros cães, como medo, vontade de brincar, etc.

Daí a importância de um filhote estar com sua mãe e seus irmãos pelo menos nas primeiras 7 semanas de vida, quer dizer, 45 dias. Se durante esse tempo o jovem animal interagiu com outros cães, outras espécies ou humanos, terá mais possibilidade de ser um cão feliz e equilibrado.

É por isso que aqui no Rover Poms Kennel, não entregamos o seu filhote antes dos 90 dias de vida.

Mas o imprint também deve continuar em casa, no quarto mês de vida do seu novo amiguinho. Para que ele não se torne um cão nervoso, ansioso, assustado ou agressivo, você precisa expô-lo ao máximo de estímulos possível. Por exemplo, acostume-o ao barulho da máquina de lavar, do aspirador de pó, do liquidificador, de carros buzinando, barulhos de motor, fogos de artifício (veja o vídeo no menu “Galeria – Nossos vídeos”). Até os 4 meses, ele está aberto pra esses estímulos. Depois dos 4 meses, ele já criou um bloqueio e é mais difícil acostumá-lo


, 17/08/2018

Entre em contato